segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

POESIA DO DESESPERO - A BARCA DA ALMA



Na barca dos surdos lamentos
Delira minha alma, embarcada
Habita seus últimos momentos
Nas margens da vida, encalhada.

Entrincheirada na mudez
Não pensa nem liga a nada
Nem lhe importa a nudez
De ilusões despida, gelada.

No fim do meu rio, esgotada
Nas ondas se vai afogando.
Vai aguardando pelo nada
Que o nada já vem chegando.

Traz no porão reveses
Mágoas e sonhos perdidos.
Ainda soltou, por vezes
Não escutados gemidos.

E teimando, carregada
Recusa desencalhar.
Porque da carga alijada
Voltaria a navegar.

Mas tendo o casco decrépito
De pancadas das circunstâncias
Abdica, sem grande estrépito
Vacila sem haver constâncias.

E aguarda, limita-se a estar
Obedece, imóvel, indolente
Às vagas que vêem fustigar
A sua armação decadente.

E assim de maltratada
De mil impactos padecer
Será, um dia, esventrada
Em mil pedaços se desfazer.

E todas as suas mágoas
E penas de amor ausente
Se espalharão pelas águas
Vaguearão eternamente.

Mas talvez que em Nações
Por Mares e Oceanos cercadas
Se possam escutar orações
Se acaso forem encontradas.

E nos mares cheios de penas
Que boiando e se achadas
Que se alinhem, às centenas
Cânticos às almas danadas.

Odes aos tormentos sofridos
Pela minha alma espancada
Que suspenderá seus gemidos
E navegará, por fim, libertada.






**TODAS AS POESIAS QUE CONSTAM DESTE BLOG SÃO DE MINHA AUTORIA. SÃO UMA HOMENAGEM À MINHA IRMÃ, UM ANO MAIS NOVA QUE EU E QUE MORREU QUANDO TINHA SEIS ANOS DE IDADE. EU TINHA SETE. DESDE SEMPRE, ELA FOI O MEU ANJO DA GUARDA. É ELA QUE ME INSPIRA.
*Das cerca de 15.000 fotografias das minhas viagens na Europa, apenas umas 3 ou 4 não são de minha autoria. Disponho de outras tantas para publicar. Resolvi mudar de atitude e farei um blog só sobre arte sacra e vitrais. Voltarei, dentro de dias, a publicar imagens da continuação desta viagem. Ainda me restará, por publicar, a viagem 2008. O ano de 2011 foi, para mim, muito amargo. Talvez conte, um destes dias, numa mensagem que penso designar por "O TESTAMENTO ADIADO". Infelizmente os médicos e muita outra gente, que vive nos dias de hoje, pensa tudo saber. Mas não sabem. Deveriam ser mais humildes e pensar que as as pessoas que vão viver daqui a 100anos, a 1.000 anos, a 10.000 anos também terão o direito de continuar a descobrir coisas novas. Os que viverem nesses tempos vão achar que os sábios do nosso tempo eram ignorantes mas muito pouco humildes. Como nós pensamos dos sábios da Idade da Pedra.
Também tentaram destruir o meu trabalho enviado-me 8 vírus. Deixem-se disso. Se algumas opiniões emito, só repito tudo aquilo que o povo de Portugal pensa. Com excepção de algumas centenas de milhares que beneficiaram com o estado a que este País chegou. Também não frequento nenhuma rede social como Facebook e outros . Tudo o que faço lanço ao vento. Como fiz com o meu poema " AMOR AO VENTO"
***Estou também a preparar um blog inteiramente dedicado a Lisboa, seguindo-se um outro, ou dentro do mesmo, uma parte dedicada a todo o Portugal.  No blog dedicado a Lisboa e arredores,
inovador e muito completo, penso incluir cerca de 50.000 fotografias. Com a minha experiência de 35 anos de viagens na Europa, terei várias sugestões a fazer às pessoas que poderiam fazer algo mais por esta cidade.  FOI MAIS FÁCIL FOTOGRAFAR CIDADES DA ALEMANHA, ÁUSTRIA OU ITÁLIA, DO QUE ALGUNS LOCAIS QUE TERIAM UM ENORME INTERESSE TURÍSTICO, EM LISBOA. No museu da cidade, em Lisboa, a imbecilidade atingiu os limites do aceitável. Um porteiro obeso, provavelmente colocado naquelas funções como resultado de alguma cunha, pensou que eu queria entrar sem pagar (2,5 Euros ). Um belo exemplar igual a tantos outros que conspurcam os serviços pagos com os impostos de todos.  Durante 2 anos percorri, a pé, todas as ruas, bairros e avenidas de Lisboa.
Muitas das maravilhas artísticas de Lisboa, não estão acessíveis ao público. Espero tentar mudar isto. Há outros locais muito interessantes e praticamente desconhecidos. Ainda me resta muito trabalho mas penso que, até Abril, tenha grande parte já publicado. Entretanto, já publiquei muitas fotos que constarão da parte final do blog, sobre azulejos, fachadas e brasões. 
**`** COM ESTES BLOGS APENAS QUERO PARTILHAR AS MINHAS FOTOS E TENTAR PROMOVER A MINHA CIDADE, JÁ QUE TENHO SIDO VISTO EM TODOS OS PAÍSES DO MUNDO. NADA GANHO COM ISTO. AINDA TENHO QUE PAGAR À GOOGLE O ESPAÇO OCUPADO, PARA ALÉM DE 1 GB. PARA QUE CONSTE, FRISO QUE NADA RECEBO E AINDA PAGO. MAS É UM DESAFIO. E DEPOIS, HÁ A MINHA POESIA.

NO BLOG SOBRE LISBOA, AINDA NO INICIO, JÁ PUBLIQUEI AS PÁGINAS QUE CONSTARÃO NA PARTE FINAL. PODE ACEDER-SE EM:

www.milfotosdelisboa.blogspot.com