terça-feira, 24 de maio de 2011

POEMAS DO DESESPERO - ILUSÃO, LUZ DA VIDA





Como para a vida sorrir 
Quem perder as ilusões
É o cansaço de existir
É não sentir emoções

A ilusão é a luz da vida
É a chama que alumia
Se ela se vai, perdida
O existir é de agonia

É esperar que o novo dia
Seja igual ao que passou
É viver sem fantasia
É ver que nada mudou

É uma bebedeira de tédio
Pelas ruas da amargura
É doença sem remédio
É espicaçar a loucura

Se o coração quer sentir
E novas rotas desbravar
Então a mente irá agir
E o percurso  irá mostrar

E uma viagem acontece
Um passo para começar
Mas a vontade adormece
Quando a inércia imperar

A satisfação dos sentidos
Cria hábitos e acomodação
É fechar olhos e ouvidos
É afundar na estagnação

O conforto do conhecido
Mata a invenção ao nascer
O medo do desconhecido
É o que impede de crescer

Conforme possamos falar
Connosco próprios, decididos
As emoções poderão mudar
E voltam os sonhos perdidos

Jamais alguém realiza
Se nunca tiver sonhado
Nunca ninguém finaliza
Por nunca ter intentado

E se há limite para a vida
Sem demora há que tentar
Porque ela não é comprida
Melhor será não vacilar

E com medo de falhar
Porque se pode perder
Nunca se chega a arriscar
Jamais se chega a vencer

E se à terra irei voltar
Se deixarei de existir
Só me resta aqui cantar
Enquanto me puder ouvir

Minhas células a espalhar
Quando a Terra explodir
Porque o Sol irá acabar
Para o Espaço irei partir

Mas enquanto a Terra viver
Em volta do Sol girando
O que de mim se decompuser
Outras vidas vai formando

E a Terra fertilizando
Água límpida torno a ser
Tudo se vai transformando
Alguém me voltará a beber

E os meus átomos ao vento
Oxigénio irão formar
Serão o ar e o alimento
Que a tantos irão saciar

E neste ciclo infinito
E se o Universo existir
Eu, com corpo finito
Irei sempre ressurgir

VIAGEM E ( Nº 5 ) - CZECH REPUBLIC AND AUSTRIA


                                          
                                   RÉPUBLICA CHECA
                          Czech Republic


                                                              TREBON

Autocamp Trebonsky ráj ( camping ) 1/05 - 30/09     N 48º  59` 33" ;  E  14º  46` 3" 
info@autocamp-trebon.cz

A 1 km a sul da cidade e junto ao lago. Bons passeios nos arredores do camping, muito útil e bem situado.
Os proprietários do camping não primaram pela simpatia.
Bonita cidade medieval, rodeada de lagos e florestas.



             

























                                                    CESKÉ BUDEJOVICE




20 kms a SW situa-se a cidade de Cesky Krumlov, património da humanidade


































                          


                                                       CESKY KRUMLOV
Visitei esta cidade a partir de Ceské Budejovice. Mas há um camping:

Caravan Camp Petraskuv Dvur      15/05  -  30/09  milan.sebesta@seznam.cz   A 2 kms do centro

GPS  N  48º  49` 07"  ;  E  14º  15` 59`` 


PATRIMÓNIO MUNDIAL ( UNESCO) - WORLD HERITAGE    
Gostei muito. Vale a viagem. As fotos falam por si

   

 
     
        
 
    
                    



























                                                            AUSTRIA


                                              FREISTADT


A Norte da Austria e a cerca de 20 kms da fronteira da Répública Checa, esta cidade merece uma visita























Nas imagens que se seguem são visíveis as marcas das balas disparadas pelos soldados de Napoleão. Originais, os alvos que descobriram para treinar a pontaria. Autêntica praga foi, para a Europa, a passagem dos seus exércitos. Saquearam, abriram túmulos, transformaram belas igrejas em paióis, destruíram estátuas, portais e retábulos, etc. Napoleão, um dos grandes generais da História. E uma calamidade. Espalhou o terror por toda a Europa.




















          Campingplatz  Freistadt (esquerda), junto ao rio e muito perto do centro da cidade